Representantes do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems-PR) e do Projeto “Sífilis Não” – campanha nacional de prevenção à sífilis adquirida, em gestantes e sífilis congênita no Brasil, se reuniram de maneira virtual na tarde da última sexta-feira (22) para o alinhamento de uma parceria que visa a divulgação das ações do projeto juntos aos gestores de saúde do Paraná.

Com o slogan “Vamos Cuidar Agora”, a quarta campanha de comunicação do Projeto busca sensibilizar os profissionais de saúde para a gravidade do aumento de casos – inclusive de sífilis congênita, sendo uma das importantes estratégias para o fortalecimento da Rede Cegonha em todo território nacional. O “Sífilis Não” é resultado de uma cooperação técnica entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) e o Ministério da Saúde em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)

Neste contexto, o Cosems-PR se prontifica estimulando a participação dos profissionais e gestores de saúde do Paraná nas atividades, enfatizando a importância do diagnóstico e do tratamento adequado da sífilis na gestante – durante o pré-natal, e da Sífilis em ambos os sexos como infecção sexualmente transmissível, podendo ser realizadas ações de orientação e prevenção.

De acordo com Juliana Gaioski – uma das participantes do encontro e Pesquisadora de apoio do Projeto no Paraná, “as ações da campanha estão pautadas no incentivo aos municípios na oferta de testes-rápidos à população, distribuição de preservativos, e atividades educativas e da propaganda midiática e redes sociais. E acreditamos que o auxílio do Cosems-PR para a difusão destas ações e o enfrentamento à doença é de fundamental importância para a mobilização integral da comunidade e dos gestores de saúde do Paraná. Agradecemos o apoio e parceria de sempre”, pontua Gaioski.

Além da apoiadora, Lilian Marchiorato enfermeira e também pesquisadora do projeto Sífilis Não participou do encontro representando o Projeto. Já o Cosems-PR foi representado na ocasião pelas assessoras técnicas Giorgia Luchese e Ediane Mance, além do assessor de comunicação Paulo de Tarso.

Saiba tudo sobre a campanha do Sífilis Não acessando https://sifilisnao.com.br/.