Notícias

Comitiva do LAIS discute ações de inovação com o ministro Marcos Pontes

Uma comitiva de pesquisadores do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN) foi recebida nesta quinta-feira (21) pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes. A audiência tratou sobre as perspectivas de ações e parcerias entre o laboratório e o ministério.

 

A audiência aconteceu na Universidade Corporativa dos Correios, na região da Asa Norte de Brasília. A missão chefiada pelo professor Ricardo Valentim, apresentou os projetos desenvolvidos pelos pesquisadores do laboratório. O coordenador do LAIS destacou a importância do trabalho desenvolvido pelos pesquisadores, bem como o potencial da parceria com o MCTIC.

 

“A ciência e tecnologia é um dos caminhos para o desenvolvimento do país. E é impossível produzirmos ciência de qualidade sem buscar a inovação, através de ações que possam trazer qualidade de vida para as pessoas. Apresentamos ao ministro Pontes um pouco do nosso trabalho, e também nossas perspectivas de parceria para com o ministério. Acredito que este é um trabalho com bastante potencial”, disse.

 

O ministro Pontes apresentou durante o encontro os planos da pasta para os próximos quatro anos, e elogiou as iniciativas desenvolvidas pelo laboratório no campo da inovação em saúde.

 

A expectativa é que um novo encontro entre as partes seja realizada em Natal nos próximos dias. “Queremos que o ministro veja in loco que é possível inovar em saúde, e que o LAIS hoje é um dos protagonistas deste processo”, afirmou.

 

Além do professor Valentim e do ministro Pontes, participaram da audiência a professora Karilany Coutinho(LAIS), os pesquisadores Maurício Capra, Daniele Montenegro e Arthur Barbalho (todos do LAIS), o coronel José Ori Dolvin Dantas (MCTIC), e os representantes do Partido Social Liberal no Rio Grande do Norte (PSL/RN), coronel Hélio Imbrózio (presidente do partido) e general Carlos César Araújo Lima (secretário-geral).

22 de fevereiro de 2019