Projeto RevELA

O Projeto revELA surgiu como uma série de iniciativas voltadas o desenvolvimento de tecnologias assistivas, que tinham como objetivo melhorar a qualidade de vida de pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Um deles foi o primeiro protótipo do que viria a ser o sistema Autonomus, com foco em possibilitar mais autonomia para pacientes nos diversos estágios da doença.

O RevELA é desenvolvido a partir de uma parceria do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN) com o Ministério da Saúde, além da colaboração de pesquisadores de outras instituições do Brasil e do mundo. Além do próprio Autonomus, o projeto revELA prevê ações de pesquisa e desenvolvimento de soluções tecnológicas em áreas como órteses ativas e passivas, biorreabilitação motora e respiratória, tecnologias para comunicação alternativa, automação e dispositivos para nutrição.

Saiba mais sobre o projeto

Assistência

Por meio de tecnologias assistivas auxilia pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) nas atividades diárias.

Melhoria da qualidade de vida

Utilizando dispositivos e aparelhos direcionados por meio da tecnologia promove melhoria na qualidade de vida do paciente com ELA.

Desenvolvimento de pesquisas

Colabora com ações de pesquisa e desenvolvimento de soluções tecnológicas em áreas como órteses ativas e passivas, biorreabilitação motora e respiratória, tecnologias para comunicação alternativa, automação e dispositivos para nutrição.

Leia também

Logo do Projeto Escola de Hardware

Escola de Hardware

Desenvolver equipamentos tecnológicos que interligam sinais biológicos à computação.

Logo do Projeto Regula RN

Regula RN

Sistema para ordenar e padronizar o fluxo de acesso a leitos da UTI no RN

Logo do Projeto Olho Biônico

Olho Biônico

Bengala eletrônica que auxilia deficientes visuais