Notícias

Pesquisadores do LAIS se reúnem em Maceió para desenvolver projeto sobre ELA

Uma comitiva de pesquisadores do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN (LAIS) esteve na última quarta-feira (13) em Maceió, no estado de Alagoas, visitando o médico cardiologista Hemerson Casado, consultor do Ministério da Saúde para assuntos relacionados a esclerose lateral amiotrófica (ELA). Na pauta do encontro, possíveis parcerias para financiamento dos projetos Autonomus e Um Anjo para ELA.

 

O primeiro contato entre o LAIS e o doutor Hemerson aconteceu durante uma visita da equipe do laboratório ao Ministério da Saúde, no mês de maio. Liderados pelo coordenador do LAIS, professor Ricardo Valentim, os pesquisadores estiveram com o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do MS, onde foram apresentados ao cardiologista, que é portador de ELA, e contar um pouco do trabalho desenvolvido no Rio Grande do Norte. "Foi um momento importante para nós, porque não esperávamos apresentar o projeto Um Anjo para ELA. Porém, há coisas que acontecem no momento certo, e hoje estamos aqui buscando viabilizar o financiamento deste importante projeto", disse Valentim.

 

Durante o encontro ficou acordado a elaboração de um macro projeto interestadual para apresentação ao Ministério da saúde, além da criação de um plano de trabalho e logística entre pesquisadores de Alagoas e do Rio Grande do Norte. Também ficou estabelecido um protocolo de intenções para firmar parcerias científicas com estudiosos de outros estados e países.

 

A meta é, para os dois lados, expandir a tecnologia apresentada nos projetos Autonomus e Um Anjo para ELA por todo o Brasil, beneficiando os mais de 20 mil pacientes portadores da doença.

 

Também participaram da reunião os pesquisadores do LAIS Jânio Gustavo, Pablo Holanda, Higor Morais, e a jornalista convidada, Glácia Marilac. Da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) participaram o professor e médico José Humberto Chaves, também professor da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), o médico Marcelo Duzzioni, a pesquisadora Isabelle Souza de Melo Silva, além do engenheiro Ketchum Eltigul e do representante do CESMAC/ANEAL, Adilson Jorge dos Santos.

14 de junho de 2018